quarta-feira, 4 de abril de 2012

Espaço Literatura Nacional

Hoje trago um livro para vocês que, apesar de ser um romance, algumas pessoas podem achar que é voltado apenas para quem tem interesse por concursos públicos.
Achei o livro bem interessante, porque trata da realidade.
Quando li a sinopse, me identifiquei muito com o protagonista, passei por uma situação similar: formada, desempregada, e metendo a cara nos livros, já que emprego estava difícil.
Acredito que, assim como eu, muitos vão se identificar com o Alberto.
Apresento para vocês:

APROVAÇÃO


Alberto é um jovem como outro qualquer, que sonha em ser alguém na vida, formar uma família feliz e ter uma vida normal. O problema é que está prestes a completar vinte e nove anos, ainda mora com os pais (e depende deles), sequer tem namorada e, como se não bastasse, está desempregado. É nessas circunstâncias que se depara com uma ótima (talvez única) opção: Concursos Públicos. O que não sabe, a princípio, é que ela vem acompanhada de alguns “detalhes”, como concorrências absurdas, muita disciplina e mudança de hábitos. Uma descoberta cruel, uma amizade inesperada, uma paixão do passado que insiste em ressurgir, um amor verdadeiro e um desafio que vai muito além de uma simples prova. Aprovação é uma ficção realista, uma história de amores e desamores e de superação diária que retrata de maneira fidedigna a atual situação de milhares de pessoas no Brasil.

Alisson Felipe é psicólogo de formação, músico e escritor por vocação e servidor público federal. Com este, já tem seis livros publicados, além de alguns originais guardados na gaveta. Mora em Brasília com suas três paixões: a esposa e os dois filhos. 

O autor disponibilizou o prefácio:
PREFÁCIO Aprovação, de Alisson Felipe William Douglas* Quando recebi as primeiras páginas de Aprovação não sabia ao certo o que esperar, mas sem dúvida estava ansioso para ler e prefaciar um romance sobre tema tão familiar e conhecido: os concursos públicos. Qual não foi minha alegria quando conheci Alberto, o protagonista e, por que não dizer, anti-herói desta deliciosa trama que é, afinal, a metonímia do concurseiro iniciante. A verdade é que somos heróis ao começar esta jornada, mas agimos como anti-heróis muitas vezes... até que a maturidade, que um dia chega para quem não desiste, nos faz aprender a lutar pelos sonhos de forma inteligente. Ainda inseguro sobre sua preparação, com baixa autoestima e ocupado com os inimigos e motivações insuficientes, logo nas primeiras páginas Alberto garantiu minha simpatia e atenção a ponto de me fazer torcer por ele e querer ajudá-lo em sua preparação; fosse com palavras de incentivo ou com dicas e técnicas, queria dar o empurrão necessário para que ele conquistasse seus sonhos. Agradeço a Alisson Felipe, pelo convite para prefaciar este verdadeiro page turner, que me fez recordar dos meus primeiros dias de preparação, com toda tensão, dúvidas, angústia e vontade de desistir – que sempre vem –, e do gás que tiramos dos nossos planos e sonhos para quando vier o contracheque (hollerit), para quando tivermos a estabilidade; enfim, me fez lembrar da motivação que devemos alimentar dia após dia. Definitivamente uma obra que apresenta a jornada – árdua e gratificante – do concurseiro rumo à aprovação e que terá lugar garantido nas cabeceiras de muitos que, tendo passado por essa experiência, como eu, recordam, agora saudosos, das desventuras, desencontros e sensações que permeiam o processo e que, na verdade, tornam essa grande jornada, verdadeiramente, inesquecível. O mantra diz que “toda terra prometida tem um deserto antes_ e Alisson consegue, por meio de Alberto e suas experiências, passar ao leitor um pouco do longo e tortuoso caminho a ser percorrido antes da terra prometida da aprovação. Ao discorrer sobre o que acontece tão comumente, o autor consegue, utilizando veículo incomum e inovador, angariar a empatia de quem é ou foi concurseiro e, pari passu com a jornada do protagonista, ajuda a acelerar o processo de autoconhecimento e dedicação que todo concurseiro de sucesso precisa trilhar. * William Douglas é Juiz Federal/RJ, autor do livro Como passar em provas e concursos, professor e palestrante.

Gostou?
Então, adicione o livro à sua estante no Skoob.

Beijos, queridos.
Até a próxima.

5 comentários:

  1. Bem legal, Monique!

    Não conhecia o autor.
    Certamente é a literatura ideal para mim nesse meu momento de "provação". Sou concurseira, logo, preciso ler esse livro!

    Beijocas,

    Lu
    www.equinocioaprimavera.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Quem quiser pode adquirir o livro diretamente comigo. Envio para qualquer lugar do Brasil. Muito obrigado! alissonfelipe@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Que nessa Páscoa possas renascer para tudo que é belo.
    Que suas energias sejam refeitas.
    Que seus sonhos sejam renovados.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Livro fantástico, inspirador!!! Impossível não se identificar com o Alberto, protagonista do livro. O autor é extremamente talentoso: leitura agradável e divertida, faz rir, faz chorar, bem como situa precisamente o leitor na situação tensa vivida por nós que estamos "na luta". Ler novamente é inevitável.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim: